Apostas a tempo parcial

Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Blogs e Colunas

Aborto legal no ganhar dinheiro em casa: após polêmica envolvendo criança de 11 anos em Santa Catarina, Dra Ana Comin traz sua opinião profissional sobre o caso

A ginecologista e obstetra traz informações técnicas e faz alerta sobre o ‘cancelamento’ que a juíza Joana Ribeiro Zimmer, até então à frente do caso, recebeu na web

Por Analice Nicolau 21/06/2022 7h00
A ginecologista e obstetra traz informações técnicas e faz alerta sobre o ‘cancelamento’ que a juíza Joana Ribeiro Zimmer, até então à frente do caso, recebeu na web

Desde a reportagem que foi ar ontem (20) pelo site de jornalismo independente The Intercept em colaboração com o Portal Catarinas, trechos vazados da audiência do caso da menina de 11 anos que está grávida após ser vítima de estupro em Santa Catarina, estão entre os assuntos mais comentados nas redes sociais.

Além de toda a comoção que o caso em si gera, houve também uma repercussão negativa em relação à postura adotada pela juíza Joana Ribeiro Zimmer, que até então estava à frente do caso. Hoje, após ser promovida, a mesma não se encontra mais como responsável pelo processo.

Internautas fizeram abaixo assinado e diversas manifestações virtuais, pedindo que a mesma fosse afastada, mas a profissional garante que a sua saída não teve relação com as polêmicas. Várias hashtags como “Criança não é mãe” e “abusador não é pai” circularam nos trending topics do twitter, fazendo alusão às falas usadas por Zimmer durante a audiência.

Entre tantos comentários acerca do assunto, a juíza Joana Ribeiro Zimmer, escolheu não se manifestar por considerar criminoso o vazamento dos trechos e para não expor ainda mais a criança. É válido lembrar que, embora tamanha repercussão midiática, o caso está em segredo de justiça.

Dra Ana Comin, ginecologista com mais de dez anos de experiência na área, esclarece que o procedimento não se trata mais de um aborto, e sim da interrupção de uma gravidez, já que a criança, até o momento dessa reportagem, está com 29 semanas de gestação. “O aborto só pode ser feito legalmente até a semana 20 da gestação ou 500g do feto, o que provavelmente o médico averigou que havia ultrapassado. Quando a mãe e a criança procuraram o hospital, a vítima já estava com mais 22 duas semanas. Não sabemos até agora porque o aborto não foi feito antes, quando era de fato considerado um aborto”, questiona. A informação apontada por Dra Ana, consta na última atualização com as regras do aborto legal feita em 2020.

Caso a gravidez da criança não seja interrompida devido ao avanço gestacional, Dra Ana afirma que embora seja uma situação delicada, é viável, na sua visão médica, que aconteça. “Sempre há riscos para quem está nos extremos, ou seja, abaixo dos 15 anos ou acima dos 40 anos. Mas caso ela não tenha nenhum outro problema de saúde, o que também não foi divulgado, é uma gravidez possível e, com os devidos acompanhamentos, ela pode conceber, apesar da baixa idade”, informa.

Para Dra Ana Comin, a juíza encarregada do caso, agiu da forma correta desde o encaminhamento da menor de idade para um abrigo – outra atitude muito questionada pelos internautas que tiveram contato com os trechos vazados da audiência. “O maior número de abortos acontece com menores de vinte anos de idade e dentro da própria casa, aliás, isso independe de classe social. Então ela agiu corretamente, assim que averiguou que se tratava de uma menor de idade, ela tirou a menina do local de risco. Estão dizendo que ela fez isso para impedir o aborto, mas não corresponde com a realidade, já que quando a mãe e a vítima procuraram ajuda médica, o prazo para realizar um aborto legal já havia passado”, contextualiza.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A médica demonstrou preocupação com as atitudes desproporcionais que as pessoas estão tendo com a juíza Joana Ribeiro Zimmer. “Eu inclusive temo pela vida dela. Embora as autoridades saibam que ela agiu corretamente, as pessoas hoje em dia estão pegando muito pesado e são muito inconsequentes e agressivas. É preciso estudar muito antes de dar qualquer opinião, principalmente quando se trata de aspectos técnicos”, aconselha.








Você pode gostar



JBr SHOPPING

BSB Memo

Use o código "JBR" e ganhe 10% de desconto

| Apostas Futebol | | Bacará Online | | Probabilidades de apostas de futebol online | | Apostas internacionais de futebol | | Programa de renda online | | Apostas móveis | | Campeonato brasileiro de futebol | | As apostas mais confiáveis na loteria | | Onde apostar em jogos de futebol | | AFUN - Apostas de futebol online | | Dicas de apostas grátis futebol | | Mega Sena | | Sites de apostas mais seguros | | Cassino Online | | Mercado do Futebol - Contratações, notícias, rumores e informações num só local! | | Blackjack para Android | | Melhores sites de poker no Brasil | | Roleta da sorte | | Como apostar em futebol | | Jogue Blackjack Online Grátis | | Bet with bet365 | | Site de aposta de jogos | | Apostas Online Futebol | | dinheiro líquido | | Ganhar dinheiro com moedas criptográficas | | Jogo do flamengo | | Bundesliga | | Aplicações para fazer dinheiro | | Caça-Níqueis Online | | Renda on-line de comércio eletrônico |